quarta-feira, 3 de agosto de 2011

TUDO!

A cada dia que amanheço
a cada Chico Buarque que ouço,
poético,
profético,
tomo um café da manhã,
penso em beijar flores
e gosto ainda mais
de ser
José!

(Ghezo)

Um comentário: